Home

MISSÃO FRANÇA
CHÂTEAU CHANTILLY

Localizado ao Norte de Paris é o maior domínio principesco da França.
O Castelo possuiu em seu acervo a segunda maior coleção nacional de pinturas antigas, depois do Louvre. Ali se encontram obras de Raphael, Botticelli, Delacroix, Poussin, Ingres, entre outros. Fonte de inspiração para Maria Antonieta esposa do Rei Luiz XVI, para a incrementação do castelo de Versailles, é também conhecido pelo creme Chantilly, a cozinha de Vatel, os jardins de Le Nôtre, além das mais belas cavalariças do mundo. Construído em 1631 tem em seu cenário muita história, inclusive durante a Revolução Francesa na época do “terror” quando foi usado como prisão em 1792.

Entre 1876 e 1882 o Duque de Aumale quinto filho do Rei Louis-Philippe e último proprietário do Castelo de Chantilly, mandou reconstruir o palácio sobre as suas antigas fundações. Acumulou ali admiráveis colecções. Ele tinha diversos laços com o Brasil: seu irmão François-Ferdinand d´Orléans, almirante de Joinville (1818-1900), casara-se em 1842 com Francisca Carolina de Bragança, irmã do Imperador do Brasil Dom Pedro II; o Duque de Aumale possuía, inclusive, uma usina de açúcar no Brasil, em Pirabeiraba.

Sem descendentes, o Duque de Aumale legou o magnífico conjunto ao Instituto de France em 1886 em forma de testamento para conservar à França o domínio de Chantilly na sua integridade, com os seus bosques, os seus edifícios e o que eles contêm. Os troféus, quadros, livros, arquivos, objetos de arte, formam como um todo um monumento completo e variado da arte francesa em todos os seus ramos com importância nao só para a França, mas para todo o mundo. Durante a Primeira Guerra Mundial, Chantilly serviu de quartel general ao Marechal Jofre e acolheu várias conferências entre os Aliados.

Fomos visitar a cidade de Chantilly num sábado tranquilo e ensolarado. A tarde, fomos ao castelo e a Dança na Mochila aconteceu em dois momentos.

Já nos domínios do castelo, ao caminhar por um grande gramado próximo ás cavalariças, fui invadida por uma sensação de liberdade muito grande, enquanto minha imaginação perambulava pela história e suntuosidade daquele lugar. Foi quando veio o impulso para mais um altar e ali dentro daquele cenário tivemos o primeiro momento para a “Dança na Mochila”. Eu havia levado a peça maior de tecido vermelho que eu tinha e foi uma experiência incrível em meio ao vento, grama, terra e muita história.

Seguimos passando pela belíssima praça á frente do castelo, com suas articuladas escadarias brancas e fontes de água inimaginaveis. Neste cenário brincamos com os cisnes no lago, nos embrenhamos no bosque descobrindo cada canto daquele lugar visitado nos livros de histórias de príncipes e princesas encantadas. Paramos no pequeno restaurante para experimentamos o famoso creme chantilly com torta de maçã, com morangos e com caputino…hummm… delicioso!

Já pensava em ir embora quando chegamos no parque das crianças. Lá, há uma especie de saliência em espiral no gramado. Me senti atraída para aquele espiral de grama e terra e ali aconteceu o segundo momento da Dança na Mochila. Minha sensação enquanto dançava era de um jato de sangue esguichando pelo olho da espiral vindo do centro da terrra e contagiando e tingindo todo o tempo e espaço!

Ventava muito e foi dificil me movimentar como eu gostaria em meio às saliências da espiral, mas fiz o que senti para aquela ocasião e foi sobrenatural.

Quem filmou foi Dulce Diniz minha cunhada que no afã de captar o melhor das imagens insistia com minhas filhas pequenas para não passarem na frente da câmera rsrsrs… A trilla sonora ficou por conta das vozes das crianças, suas brincadeiras, do vento e dos transeuntes que passavam por ali.

Mais uma vez, foi tremendo!!!
Seguindo em andanças!!!
Até!!

Isabel Coimbra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s