Home

MISSÃO FRANÇA – TROCADÉRO

 trocadero 2

O Trocadéro se localiza no alto da colina de Chaillot e tem muita história como tudo aqui em Paris. Neste lugar em meados de1651 o convento da ordem feminina religiosa católica Visitação foi destruído após a  Revolução Francesa. A esplanada aberta no coração de Paris em resultado desta destruição, suscitou numerosos projectos mas frente ao sucesso popular da expedição espanhola de 1823 e da sua vitória na Batalha do Forte do Trocadèro, Luís XVIII teve a ideia de construir um momumento em homenagem a esse feito de armas.

Posteriormente  no local foi construido o antigo Palácio do Trocaero em estilo mourisco por Gabriel Davioud e Jules Bourdais para a Exposição Universal de Paris em 1878 com jardins de Alphand. Mais tarde na Exposição Universal de 1937 o edifício foi destruido e substituido pelo Palais de Chailot do qual conserva uma parte da estrutura com as duas alas em semi-círculo.

trocadero-paris[1]

O conjunto de edifícios caracteriza-se por uma abundante estatuária de vários artistas com um grande jardim ornado por esculturas e por uma vegetação organizada á moda de um parque à inglesa. Após 1937 este jardim foi emoldurado por tanques d’água, cascata e uma fonte guarnecidos de vinte jactos de água em oito patamares sucessivos. Na estrutura do edificio encontra-se o Museu do Homem, o Museu Nacional da Marinha, o Teatro Nacional de Chaillot, o Museu dos Monumentos Franceses, a Escola de Chaillot e o Instituto Francês de Arquitectura.

O Palais de Chaillot é formado por dois pavilhões e duas alas curvilíneas delimitando um espaço central, a Esplanada dos Direitos do Homem, que desce em direção ao Rio Sena . Entre as duas alas, de “Passy” e de “Paris“, o Jardin do Trocadéro se abre para uma linda vista sobre a Torre Eiffel e o Champ de Mars. Foi neste cenário  que a Dança da Mochila aconteceu.DSCF0534

Era um final de tarde e eu estava passeando com minha família. Entramos pelo Museu do Homem e fomos caminhando atraidos pela linda vista da Torre Eiffel. Ficamos por ali observando o movimento quando senti aquele “impulso”. Estava bem frio e mais uma vez o vento era fator determinante nos meus movimentos. A filmagem é de meu genro Frederico Fraga e trilha sonora são as vozes de minhas filhas pequenas, dos transseuntes e do vento.

Curiosamente foi no Palais de Chaillot em 1948 que a Assembleia Geral das Nações Unidas lavrou a Declaração Universal dos Direitos Humanos. E neste local tem as incrições do poeta  Paul Valéry sobre o frontão do palácio. Do lado do Museu do Homem:

Il dépend de celui qui passe
Que je sois tombe ou trésor
Que je parle ou me taise
Ceci ne tient qu’à toi
Ami n’entre pas sans désir

Lado do Museu da Marinha:

Tout homme crée sans le savoir,
comme il respire.
Mais l’artiste se sent créer.
Son acte engage tout son être,
sa peine bien aimée le fortifie.

Curioso, não ?

Em andanças..

Isabel Coimbra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s