Home

MISSÃO FRANÇA:  PONT NEUF – PARIS

pont neuf 2a

Pont Neuf,  ponte nova em francês,  é a mais antiga das  pontes que cruzam o  rio Sena em Paris. Seu nome “novo” permaneceu, e foi dado para distinguir-se das antigas pontes medievais. Sua construção foi iniciada em 1577 sob o reinado de Henrique III, mas uma sequência de alterações no projeto inicial fez com que a ponte tenha sido concluída apenas sob o reinado de Henfrique IV em 1607

.

pont neuf

Como muitas pontes de seu tempo, a Pont Neuf foi erguida com uma série de pequenos arcos no estilo romano. Foi a primeira ponte construída com pedras em Paris que não serviu como alicerce para casas erguidas em sua superfície. Pelo contrário, foi equipada com passeios para proteger os pedestres da lama e dos cavalos. Os pedestres também podiam se abrigar nos bastiães (saliências entre cada arco e sobre os pilares que se projetam sobre o rio), para se proteger de transportes mais volumosos e cavalos. A decisão de não se permitir a construção de casas é atribuída ao próprio Rei Henrique IV, pois considerou que estas impediriam uma melhor visão do Louvre que é linda!

Partindo da ponta e do ponto mais ocidental da Île de La Cité, uma pequena ilha no rio Sena, bem no centro de Paris, a ponte é composta por duas partes distintas: uma com cinco arcos até atingir a Île de la Cité, outra com sete arcos que levam à margem direita.

Quem hoje passa sobre a bela ponte cruzando o Rio Sena, cenário com seus mais de quinhentos anos de história, mal pode imaginar que essa obra de arte e engenharia verdadeiramente revolucionou a vida na Paris medieval, unindo as duas margens do rio e a Ile de La Cité.

renoir-the-pont-neuf-paris

Quadro de Renoir (1872)

Aqui, num final de tarde de um sábado, foi do mês de março, cenário de mais uma “Dança na Mochila”. Passeávamos despreocupadamente por esse local usufruindo da beleza do entardecer. Nos posicionamos em um dos bastiões atraídos pela linda vista das luzes que acendiam pouco a pouco na margens do rio e de repente a torre Eifflel ao longe também acendeu! Foi inevitável, tirei meu tecido vermelho e dancei apesar do tráfego pesado de pessoas e de carros pela ponte.

 

S0353347

 

Ao ver o registro do vídeo me chamou a atenção que a Torre Eifflel além de acessa, começou a piscar! Também me lembrei da função do bastião: proteção! Foi sobrenatural dançar ali e rever a filmagem.

 

O Eustáquio, meu esposo, filmou e a trilha sonora ficou por conta do ruído do vento, das vozes de transeuntes e do tráfego de automóveis no local.

Em andanças…

Isabel Coimbra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s